Promotor de Justiça da Comarca de São João fala sobre ação civil pública em São Jorge.

Ação ajuizada em desfavor de vereadores, ex-vereadores e servidores públicos municipais.

Promotoria de Justiça de São João ajuizou ação civil pública em desfavor de 22 (vinte e dois) agentes públicos (vereadores, ex-vereadores e servidores públicos municipais), em razão da prática de atos de improbidade administrativa, relacionados à concessão de diárias por parte da Câmara Municipal de São Jorge D’Oeste, município abrangido pela Comarca.

Em entrevista o Promotor de Justiça Dr. Nielson Noberto de Azeredo falou sobre o caso, acompanhe.


Curta e compartilhe:

Acompanhe no Facebook:

Deixe um comentário: